Identificado homem morto com mais de 10 tiros na cabeça

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já começou a investigar o caso do homem morto a tiros entre o final da noite da última terça-feira (19) e a madrugada desta quarta (20) no bairro Guajuviras, em Canoas. O crime aconteceu na Rua 17 de Abril.

Ele foi identificado como Hozéias Machado dos Santos, de 33 anos. A vítma já foi indiciada por tráfico de entorpecentes na última semana. Ele também era adolescente infrator por roubo a pedestre, acusado de ameaça duas vezes, desobediência e outras fraudes.

Segundo informações da Polícia Civil, o homem estava na frente de um estabelecimento quando criminosos chegaram em um veículo sedan branco, de modelo ainda não identificado, desceram e dispararam diversas vezes contra ele. Foram mais de 10 tiros na cabeça. Hozéis morreu no local.

Os investigadores buscam imagens de câmeras de segurança da região para tentar identificar os autores do crime. A motivação também é apurada.

Últimas

Vereadores afastados por suspeita de peculato e concussão vão retornar à Câmara de Teresópolis, no RJ

Habeas corpus concedido pelo STJ beneficiou seis parlamentares afastados após uma operação deflagrada em maio do ano passado. A quinta turma do Superior Tribunal de...

Rússia se nega a interromper bombardeios para negociar acordo de paz

O governo russo se negou a interromper os bombardeios na Ucrânia para negociar o que seria um acordo de paz no Leste Europeu. Nesta...

Covid-19: saúde notifica morte de jovem de 30 anos no Distrito Federal

Mesmo com a diminuição dos casos positivos para a covid-19 no Distrito Federal, pessoas jovens continuam perdendo a batalha para o vírus. Nesta...

Personal espanca morador de rua após flagrar traição de mulher

O personal trainer Eduardo Alves foi acusado de agredir um morador em situação de rua no Jardim Roriz, em Planaltina, no Distrito Federal....