Rio de Janeiro

Quem é Carlos Jordy, deputado federal alvo de buscas da PF na Operação Lesa Pátria

Quem é Carlos Jordy, deputado federal alvo de buscas da PF na Operação Lesa Pátria

Em sua biografia, Jordy informa ter sido garçom e atendente em restaurantes em Balneário Camboriú (SC) e funcionário público em São Gonçalo. Antes de representar o Rio de Janeiro em Brasília, Jordy foi vereador de Niterói entre 2017 e 2019.Carlos Jordy (PL), líder da oposição na Câmara dos Deputados, é alvo nesta quinta-feira (18) de buscas pela Polícia Federal (PF) na 24ª fase da Operação Lesa Pátria, sobre os atos antidemocráticos. O Blog da Camila Bomfim apurou que trocas de mensagens entre o parlamentar bolsonarista e golpistas motivaram os mandados.Carlos Roberto Coelho de Mattos Júnior nasceu em 8 de fevereiro…
Ler Mais
PF prende norte-americano suspeito de fraudes, lavagem de dinheiro e evasão de divisas em hotel de luxo no Rio

PF prende norte-americano suspeito de fraudes, lavagem de dinheiro e evasão de divisas em hotel de luxo no Rio

Justin Christopher Murphy, de 48 anos, foi preso após solicitação da Embaixada dos Estados Unidos. Mandado de prisão preventiva foi expedido pelo STF.A Polícia Federal prendeu, na última quarta-feira (6), em um hotel de luxo da Barra da Tijuca, um norte-americano que estava foragido da Justiça dos Estados Unidos pela suspeita de envolvimento em uma série de crimes como lavagem de dinheiro, fraude eletrônica e evasão de divisas.A prisão foi cumprida pelos agentes do Núcleo de Cooperação Internacional da PF no Rio de Janeiro (NCI/Interpol), que encontraram Justin Christopher Murphy, de 48 anos, no hotel. Em sua permanência no Brasil,…
Ler Mais
PF mira dono da Petra Gold por lavagem de dinheiro, e Justiça bloqueia R$ 300 milhões em bens

PF mira dono da Petra Gold por lavagem de dinheiro, e Justiça bloqueia R$ 300 milhões em bens

Segundo as investigações, o grupo econômico teve grande projeção no cenário carioca ao emitir debêntures, ofertadas publicamente sem autorização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Firma comprou teatro e patrocinou eventos e atletas.A Polícia Federal (PF) iniciou nesta quarta-feira (6) no Rio de Janeiro a Operação Lóris, contra a empresa Petra Gold, por crimes financeiros e de lavagem de dinheiro. Agentes saíram para cumprir 1 mandado de busca e apreensão na casa de Eduardo Monteiro Wanderley, dono e CEO da firma.A 8ª Vara Federal Criminal do Rio também determinou o sequestro de bens de Wanderley e de demais investigados no…
Ler Mais
Médico é preso por violação sexual contra pacientes em posto de saúde de Mangaratiba

Médico é preso por violação sexual contra pacientes em posto de saúde de Mangaratiba

Segundo a Promotoria de Justiça de Mangaratiba, Emilio Pontes da Fonseca Junior abusou pelo menos 2 mulheres na Unidade Básica Vereador Orlando Ribeiro, em Muriqui.O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) prendeu nesta quarta-feira (29) um médico por violação sexual mediante fraude contra pacientes em um posto de saúde em Mangaratiba, na Costa Verde fluminense.Segundo a Promotoria de Justiça de Mangaratiba, Emilio Pontes da Fonseca Junior, de 31 anos, abusou pelo menos 2 mulheres na Unidade Básica Vereador Orlando Ribeiro, em Muriqui, no dia 30 de dezembro de 2022.O médico foi preso na UPH Parque Equitativa, em Duque de…
Ler Mais
Justiça Federal no RJ manda avaliar imóveis de Ronaldinho Gaúcho para pagar dívida de R$ 1 milhão

Justiça Federal no RJ manda avaliar imóveis de Ronaldinho Gaúcho para pagar dívida de R$ 1 milhão

Processo para pagar dívida com a Receita Federal não obteve sucesso na busca por dinheiro em contas bancárias. Análise acontecerá em propriedades no Rio Grande do Sul e no Rio.A Justiça Federal do Rio de Janeiro determinou que dois imóveis do ex-jogador Ronaldinho Gaúcho sejam avaliados para futuras penhoras para pagar dívidas com a Receita Federal.As propriedades são localizadas no Rio Grande do Sul e no Rio de Janeiro.A decisão é da juíza Bianca Stamato Fernandes, da 5ª Vara Federal, e o caso foi antecipado pela coluna Ancelmo Gois, do jornal O Globo.As dívidas do "Bruxo" com a Receita Federal…
Ler Mais
Músico apontado como suspeito de ter sido recrutado pelo Hezbollah negou em depoimento ter sido convidado para atividade terrorista

Músico apontado como suspeito de ter sido recrutado pelo Hezbollah negou em depoimento ter sido convidado para atividade terrorista

Em depoimento obtido com exclusividade pela TV Globo, Michael Messias disse que viajou duas vezes ao Líbano em menos de um ano e que viagem foi para intercâmbio musical. O g1 tenta contato com a defesa.Em depoimento à Polícia Federal (PF), o músico Michael Messias, preso neste domingo (12) no Rio de Janeiro apontado como suspeito de ter sido recrutado pelo Hezbollah — grupo libanês extremista apoiado pelo Irã, considerado terrorista por vários países, como Estados Unidos, França e Alemanha — contou que conheceu os libaneses que teriam o recrutado para atos terroristas em um casamento no Rio e que,…
Ler Mais
PF e MPRJ cumprem mandados em Campos contra suposta fraude no transporte escolar; vereadores e servidora da Educação são alvo

PF e MPRJ cumprem mandados em Campos contra suposta fraude no transporte escolar; vereadores e servidora da Educação são alvo

Agentes saíram para cumprir 14 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 3ª Vara Criminal de Campos. Após operação, Secretaria Estadual de Educação diz que vai afastar servidores e suspender os contratos.A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) iniciaram nesta quinta-feira (9) uma operação contra supostas fraudes em contratos de transporte escolar de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.Segundo o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPRJ), entre os investigados estão servidores ligados à Secretaria Estadual de Educação, dois vereadores de Campos e empresários daquela cidade.Agentes saíram para cumprir 14 mandados…
Ler Mais
Guarda municipal é preso em operação contra suspeita de pirâmide financeira; colegas da corporação alegam calote

Guarda municipal é preso em operação contra suspeita de pirâmide financeira; colegas da corporação alegam calote

O caso foi mostrado pelo RJ2 em março. Segundo as investigações, o agente Rodrigo Cesar de Souza da Silva e Jadson Luiz do Nascimento Gonçalves, donos da Investimento Confiança, ofereciam até 5% de rendimento ao mês, mas não pagaram os valores.A Polícia Civil do RJ e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) prenderam nesta terça-feira (7) o guarda municipal Rodrigo Cesar de Souza da Silva na Operação Alta Confiança, contra um golpe financeiro que, segundo a força-tarefa, lesou colegas da própria corporação. Sócio de De Souza, Jadson Luiz do Nascimento Gonçalves era considerado foragido até a última atualização…
Ler Mais
Julgamento dos réus pela morte de Jeff Machado começa nesta sexta

Julgamento dos réus pela morte de Jeff Machado começa nesta sexta

Começam a ser ouvidas as testemunhas convocadas pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), entre elas a mãe e o irmão de Jeff. Ao todo, o MPRJ convocou 18 testemunhas.Está prevista para esta sexta-feira (27) a 1ª audiência de instrução e julgamento para os réus Bruno de Souza Rodrigues e Jeander Vinicius da Silva Braga, acusados de matar o ator Jeff Machado.A sessão, fechada à imprensa, foi marcada pela juíza Alessandra da Rocha Lima Roidis, da 1ª Vara Criminal do Rio de Janeiro. Começam a ser ouvidas as testemunhas convocadas pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), entre…
Ler Mais
TSE começa a julgar Bolsonaro por abuso de poder em eventos do dia 7 de setembro; placar é de 2 votos pela inelegibilidade e 1 contra

TSE começa a julgar Bolsonaro por abuso de poder em eventos do dia 7 de setembro; placar é de 2 votos pela inelegibilidade e 1 contra

As ações voltam a ser analisadas na terça-feira (31). O ex-presidente já está inelegível por 8 anos desde junho, quando o TSE o condenou por abuso de poder político e uso indevido de meios de comunicação na campanha à reeleição.O Tribunal Superior Eleitoral começou a julgar o ex-presidente Jair Bolsonaro por abuso de poder em eventos do dia 7 de setembro do ano passado. Até agora, dois ministros votaram pela inelegibilidade; um votou contra.O ex-presidente já está inelegível por 8 anos desde junho, quando o TSE o condenou por abuso de poder político e uso indevido de meios de comunicação…
Ler Mais