Cubanos são resgatados de ilha deserta nas Bahamas depois de mais de 1 mês naufragados

A guarda-costeira dos Estados Unidos resgatou, na terça-feira (9), três cubanos que ficaram naufragados por 33 dias no Cayo de Anguilla, uma pequena ilha deserta nas Bahamas.

Dois homens e uma mulher sobreviveram por mais de um mês em um abrigo improvisado com lonas, e se alimentando principalmente de coco verde, que era coletado na ilha.

Eles foram avistados pedindo ajuda na segunda-feira (8) por uma patrulha de rotina, disseram as autoridades americanas em um comunicado.

Os agentes arremessaram água, comida e um rádio para a comunicação com os náufragos, mas o resgate mesmo, só aconteceu no dia seguinte, por conta das más condições do tempo.

A embarcação em que eles estavam foi afundada por conta do mar revolto, e os três precisaram nadar até a ilha deserta.

Eles foram encaminhados para um hospital da Flórida, e não apresentavam ferimentos graves.

 

Últimas

Empresário do DF é acusado de golpe e constrói mansão com o dinheiro

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) cumpriu, nesta segunda-feira (18/7), dois mandados de busca e apreensão em endereços ligados a um...

Procuradoria russa ordena controle rígido de empresas que deixam o país

A Procuradoria russa ordenou, nesta sexta-feira (11), um "controle estrito" das empresas estrangeiras que anunciaram que estão suspendendo suas atividades no país,...

Explore novas perspectivas de negócio com a XP Empresas

Se você é um empresário e empreendedor, que quer transformar a sua visão sobre negócios, esse evento é para você. Serão 3 horas de...

STJ: Arma branca pode fundamentar majoração da pena-base

Colegiado determinou que, embora não configure mais causa de aumento para o crime de roubo, o emprego de arma branca poderá ser...

Torcedor do Flamengo, Arthur Aguiar treinou pelo Botafogo por 10 anos

O atual campeão do BBB Arthur Aguiar pretende dar continuidade a sua carreira artística depois do término do programa. O flamenguista assumido, entretanto, teve outros...