Vereadores de Canoas rejeitam abertura de CPI para investigar afastamento do prefeito Jairo Jorge

A maioria dos vereadores de Canoas não aprovaram a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os contratos da saúde e limpeza que foram alvos da Operação Copa Livre do Ministério Público (MP) que terminou com o prefeito Jairo Jorge afastado por 180 dias. Apenas três vereadores foram favoráveis.

Na sessão remota da última terça-feira (5), os vereadores Alexandre Gonçalves (PDT), Juares Hoy (PTB) e Jonas Dalagna (Novo), apresentaram um requerimento solicitando a abertura da CPI. Porém, o presidente da Câmara, Link (MDB), recusou e justificou que não haviam as sete assinaturas necessárias, pelas regras de casa, para dar seguimento ao processo.

Na tribuna, Hoy se mostrou indignado com a postura de Eralcido Link. “É um erro gigantesco, o senhor tem de ser responsabilizado”, afirma ao ressaltar que o trio de parlamentares pediu, apenas, que fosse protocolado o pedido para buscar assinaturas e não a abertura da CPI.

Link destacou que os colegas tem direito de pedir a CPI, mas não podem cometer injustiças. Além disso, ele reforçou que vai esperar o Ministério Público (MP) apresentar documentos da investigação para poder tomar alguma atitude. 

Ao longo das duas horas de sessão, 15 parlamentares usaram a tribuna. Destes, seis nem falaram na abertura da CPI

Últimas

Operação do Ministério Público afasta prefeito e secretários de Paraipaba

Batizada de Operação Ouro Negro, a ação do MPCE diz que os envolvidos recebiam vantagens indevidas a cada pagamento realizado ao escritório de advocacia...

Belo será candidato a deputado federal

Envolvido em vários problemas, inclusive passando uma temporada preso, Marcelo Pires Vieira, o cantor Belo, vai ingressar na política. Será candidato a deputado federal...

Líder do PSol move queixa-crime contra vereador que fez fala racista

A vereadora Erika Hilton entrou nesta segunda-feira (9/5) com uma queixa-crime no Ministério Público contra Camilo Cristófaro, acusado de fazer uma fala racista durante uma CPI na Câmara dos...

MP abre Investigação sobre fraude em carros blindados

Uma investigação do Ministério Público de São Paulo busca apurar se milhares de pessoas estão em perigo, entre as quais membros do Judiciário e...

Chefe do esquema de Saul Klein é ligada a marca ‘queridinha’ de famosas

Acusado de estupro, aliciamento, cárcere privado e outros crimes por 14 mulheres, Saul Klein é investigado por ter mantido, durante mais de...