Título de eleitor pode ser feito totalmente online até 4 de maio

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que entre os dias 14 e 18 de março foram emitidos 96.425 novos títulos de eleitor, em todo o Brasil e no exterior, para jovens entre 15 e 18 anos de idade. Para votar na eleição de outubro, é preciso emitir o documento até o dia 4 de maio. O procedimento pode ser feito inteiramente online.

As novas emissões ocorreram durante uma semana de mobilização dos jovens promovida pela Justiça Eleitoral nas redes sociais, e que contou com a adesão de diversas personalidades, incluindo artistas nacionais como Anitta, Zeca Pagodinho, Whindersson Nunes, Juliette e também internacionais, como o ator norte-americano Mark Ruffalo.

Segundo informações da Justiça Eleitoral, foram realizadas 6,8 mil publicações no Twitter sobre o assunto durante a mobilização, que contou com a participação ainda de diversas instituições, incluindo clubes de futebol como Flamengo e Corinthians.

A mobilização ocorreu em um momento em que a Justiça Eleitoral registra o menor nível de participação de adolescentes no processo eleitoral dos últimos 30 anos. De acordo com as estatísticas oficias, até janeiro deste ano o TSE havia registrado pouco mais de 730 mil títulos emitidos para jovens de 15 a 17 anos de idade, cujo voto é facultativo.

O menor nível de participação de adolescentes já registrado ocorreu nas eleições municipais de 2020, quando a emissão do título de eleitor caiu drasticamente para essa faixa etária e apenas 992 mil jovens tinham o documento no dia da votação. Quatro anos antes, em 2016, o número era de 2,3 milhões.

Na última eleição presidencial, em 2018, 1,4 milhão de jovens entre 15 e 17 anos tinham o título, menor nível para as eleições gerais desde 1992, quando mais de 3,2 milhões de jovens estiveram aptos a votar.

Distribuição

Durante a semana de mobilização, o maior número dos títulos emitidos pela primeira vez foi para o público com 18 anos de idade, faixa etária que já é abarcada pelo voto obrigatório, com a emissão 35.522 documentos.

No mesmo período, foram emitidos também 33.582 títulos para adolescentes de 17 anos de idade, 22.934 mil para quem tem 16 anos de idade e ainda 4.387 títulos para jovens de 15 anos de idade, mas que completam 16 anos antes do dia primeiro turno de votação, em 2 de outubro.

A maior procura se deu por parte do público feminino, com 52.561 solicitações, enquanto 43.864 buscaram a emissão do título de eleitor. O estado com o maior número de emissões foi São Paulo (18.186), seguido por Minas Gerais (9.050) e Bahia (7.083).

Últimas

O empresário que sempre consegue escapar da prisão

Reportagem publicada em 30 de julho de 2020 revelou o nome de dois alvos da Operação Rip Stop da polícia civil: o do empresário...

Maria Zilda Bethlem diz que beijou ator global com mau hálito; saiba quem é

A atriz Maria Zilda Bethlem fez uma revelação em mais uma das suas lives, dessa vez com Murilo Rosa. A atriz, de 67 anos,...

Economia brasileira reage e deve crescer até 9% no terceiro trimestre

Depois do estado de letargia imposto pelo novo coronavírus na primeira metade do ano, a economia brasileira dá sinais de reação e deve recuperar...

Fernanda Gentil quebra protocolo no ‘Encontro’ e fala do caso Mari Ferrer: ‘Não podemos ignorar esse crime’

A apresentadora Fernanda Gentil segue no comando do “Encontro” cobrindo as férias de Fátima Bernardes e, após o programa desta quarta-feira, 4, ela passou...

Livro sobre o vice-presidente Hamilton Mourão

O vice-presidente Hamilton Mourão está concluindo um livro sobre sua vida, que pretende lançar logo depois da pandemia. Entre os temas que vai abordar,...