São Paulo lança plano de investimentos e diz que PIB do estado voltou ao nível pré-crise

Com foco na recuperação da economia, o governo paulista quer atrair 36 bilhões de reais em investimentos, especialmente em obras de infraestrutura e transporte, que vão criar 2 milhões de novos empregos. Ao todo, serão 19 projetos, todos coordenados pelo secretário da Fazenda, Henrique Meirelles. “É um plano completo, um plano que interessa a diversas áreas da economia do estado, é um plano que já tem um fundamento, que foi o crescimento em 2019, que foi mais do que o dobro do crescimento do País”, afirmou o secretário em entrevista coletiva nesta sexta-feira, 17.

A ideia é promover o crescimento econômico do Estado de São Paulo por meio da atração de investimento privados, nacionais e estrangeiros, com concessões e parcerias público-privadas de projetos que envolvem trens, rodovias, aeroportos, entre outros. Entre os destaques do projeto, está a concessão à iniciativa privada das linhas 8 e 9 da CPTM, com investimentos de US$ 500 milhões, e a criação do trem que vai ligar a capital paulista à Campinas. O programa também prevê a concessão de 22 aeroportos regionais, de rodovias no litoral de São Paulo, do complexo do Ibirapuera além do zoológico e Jardim Botânico.

O governador João Doria disse que pretende viajar para divulgar os projetos e atrair novos negócios no exterior. “Nós começaremos a apresentar dentro de 10 dias um programa para investidores internacionais nos Estados Unidos, no Canadá, na Europa, no Médio Oriente e na Ásia, incluindo Coreia do Sul, Japão e China”, afirmou. Durante a coletiva, Doria também falou sobre a vacina contra a Covid-19 que está sendo produzida pela chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. De acordo com o governador, a vacinação vai ser obrigatória em todo o estado se aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Exceto se o habitante, o cidadão, tiver uma orientação médica e um atestado médico de que não pode tomar a vacina. E adotaremos as medidas legais se houver alguma contrariedade neste sentido”, afirmou. Na próxima segunda-feira, o Instituto Butantan vai enviar à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) os resultados dos testes da Coranavac em estágio avançado realizados no país. O governador garantiu que em dezembro a vacina estará disponível

*Com informações da repórter Caterina Achutti

Últimas

Stênio Garcia é retirado à força de entrevista por esposa

O ator Stênio Garcia (90) foi retirado à força de uma entrevista por sua esposa, Marilene Saade. O episódio aconteceu durante o evento de...

Justiça bloqueia bens de ex-prefeito de Juazeiro do Norte e secretário após ação do MPCE

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) – através da 7ª Promotoria de Justiça de Juazeiro do Norte – conseguiu uma decisão interlocutória...

Ecommerce brands create strong communities

His wherein male land form. Own whose they're gathered is let male kind from. A you'll life waters evening fly female won't...

O casamento de Lula e Janja

Como não teriam condições de convidar todos os amigos, Luiz Inácio Lula da Silva, e Rosângela da Silva, a Janja, decidiram que seu casamento,...

Os 80 anos de Caetano Veloso

No dia 7 de agosto, quando completa 80 anos, Caetano Veloso, convidado pela Globoplay, vai fazer uma live. E quer Maria Bethânia e os...