Pastora é assassinada por ex-presidiário que ela estava evangelizando

Um crime bárbaro, cometido por um ex-presidiário de 27 anos, chocou o mundo. O homem esfaqueou e ateou fogo em uma pastora de 57 anos que estava pregando para ele.

O caso aconteceu em Ellenwood, Geórgia – no Sudeste de Atlanta -, no dia 18 de maio. O corpo da pastora Marita Harrell foi encontrado em uma van incendiada, a alguns quilômetros de sua casa, no dia em que os investigadores suspeitaram que ela teria sido assassinada por Christopher Devonta Griggs.

O acusado tem uma extensa ficha criminal, e responde por acusações de incêndio criminoso, tentativa de tirar a arma de um funcionário público, entre outros delitos.

De acordo com familiares, Marita estava ajudando e orientando Griggs quando ele cometeu o crime.

Naquele dia, a religiosa não voltou para casa, e a família começou a procurá-la. Quem encontrou o corpo da pastora, foram a sua filha e o seu esposo, através de um aplicativo que rastreou o telefone dela.

De acordo com a reportagem do Newsweek, os familiares não gostavam que ela trabalhasse com aconselhamento de pessoas tão perigosas como Griggs. O marido chegou a pedir para que ela não continuasse. “Ela me disse: ‘Antônio, Deus colocou essas pessoas na minha vida, não posso me afastar delas’”, declarou o viúvo.

Últimas

O crescimento na venda de carros elétricos

As vendas de carros elétricos dobraram em 2021, comparadas ao ano anterior. Com 6,6 milhões de unidades, das quais metade na China, representaram 10%...

Faturamento da indústria cresce em setembro e alcança melhor índice desde 2015

A atividade industrial brasileira manteve o ritmo de crescimento em setembro e registrou índices melhores aos vistos antes da pandemia do novo coronavírus, revelou...

Shawn Mendes performa ‘Wonder’ na TV pela primeira vez; confira

Shawn Mendes se apresentou no programa The Tonight Show with Jimmy Fallon na noite de terça-feira, 27. A performance de “Wonder” foi super produzida...

“Bolsonaro é um criador de crises”, diz Maílson da Nóbrega

Exatamente. O desafio dos dois, mas é mais do Bolsonaro do que do Lula, é reduzir a rejeição. A experiência mostra que...

Francia Márquez é a 1ª mulher negra a ocupar a vice-presidência da Colômbia

A advogada e ativista em defesa dos direitos humanos e do meio ambiente, Francia Márquez, tornou-se a primeira mulher negra a ocupar o...