Marília Mendonça deixou quase cem músicas inéditas para serem gravadas

Segundo um levantamento feito pelo G1, a cantora Marília Mendonça, que faleceu no último dia 5 em um acidente de avião, deixou 98 canções – que nem chegaram a um estúdio – registradas no Escritório Central de Arrecadação e Distribuição – Ecad.

O portal informou ainda que as canções foram escritas entre 2012 e 2016, época em que a loira trabalhava apenas como compositora. A Workshow, empresa responsável por cuidar da carreira da Rainha da Sofrência, ainda está catalogando o material deixado pela artista.

Últimas

STJ sofre ataque hacker e sessões virtuais são suspensas por tempo indeterminado

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) sofreu um ataque hacker nesta terça-feira, 3, durante o período da tarde, enquanto aconteciam as sessões de julgamento dos...

RS chega a 5,9 mil mortes por coronavírus e passa dos 253,2 mil casos confirmados

Secretaria Estadual da Saúde registrou, nesta quarta-feira (4), mais 59 óbitos e 3.379 novos infectados. Média móvel de óbitos voltou à estabilidade....

Instagram mum celebrities are being criticised

His wherein male land form. Own whose they're gathered is let male kind from. A you'll life waters evening fly female won't...

Ana Maria Braga testa positivo para Covid-19: vacinada, sintomas são leves

A apresentadora Ana Maria Braga, à frente do matinal Mais Você, na TV Globo, testou positivo para a Covid-19. A informação foi dada pelo...

Empresário Robson Ouro Preto assume a Diretoria de base do Sete de Setembro

O Sete de Setembro de Garanhuns segue se reforçando após a permanência na Série A1 do Campeonato Pernambucano e a base do clube é...