Gleisi defende PEC da Transição para 4 anos: “Não pode ser no soluço”

O PT quer que a PEC da Transição estipule o prazo de quatro anos para o Bolsa Família ficar fora da regra do teto de gastos

A deputada federal e presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, defendeu nesta quarta-feira (23/11) o prazo de quatro anos para financiar o Bolsa Família, previsto na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Transição.

“Eu acho que a gente tem que ter mais previsibilidade no sentido da sustentabilidade das políticas. Não pode ser no soluço. Você faz por um ano, e depois renova. Nós não vamos acabar com a fome, com a miséria, com as crises no país em um ano”, afirmou Gleisi após reunião do conselho político, na sede do Gabinete de Transição.

Segundo a presidente do PT, o governo eleito quer uma “solução política”, que passe pelo Congresso e tenha a responsabilidade de oferecer uma alternativa a longo prazo.

“Não é para governo, não é para o Lula, não é para o Geraldo Alckmin, não é para o nosso governo. É para o povo brasileiro, para as pessoas não ficarem com medo, para as pessoas não ficarem receosas de terem interrompido o seu sustento antes de terem uma saída”, prosseguiu Gleisi.

Teto de gastos

A PEC da Transição pretende estourar o teto de gastos em R$ 200 bilhões para financiar o Bolsa Família pelo período de quatro anos. Interlocutores afirmam que o prazo da PEC é tema de divergência entre o Centrão e o partido do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Instituído em 2017, o teto de gastos é uma regra constitucional que impede as despesas do governo de crescerem acima da inflação do ano anterior. Crítico ao teto, o PT estuda uma nova âncora fiscal, mas ainda não forneceu detalhes sobre a proposta.

Sobre o prazo para apresentação da PEC no Congresso, Gleisi disse que o texto pode ser protocolado ainda nesta quarta ou na quinta-feira (24/11), mas a tramitação começa na próxima semana. Líderes partidários têm se queixado do tempo exíguo para análise da proposta.

Últimas

Série sobre Daniella é a mais vista na HBO MAX

Já chegaram àHBO Max os últimos três episódios de PACTO BRUTAL: O ASSASSINATO DE DANIELLA PEREZ. Com direção de Tatiana Issa e Guto Barra, que...

Acabou obrigatoriedade do uso de máscaras nos aviões e nos aeroportos

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) retirou ontem a obrigatoriedade do uso de máscaras em aeroportos e aeronaves. A agência segue recomendando o uso nesses ambientes. O uso de...

MP diz que Aranha foi absolvido por falta de provas e que ‘estupro culposo inexiste no ordenamento jurídico’

A 23ª Promotoria de Justiça da Capital, que atuou no caso de estupro da youtuber Mariana Ferrer, afirmou nesta terça-feira, 3, que o empresário André...

3° Encontro Zen de Canoas acontece no dia 27 de novembro

Um dia de carinho para cuidar do corpo e da alma. É o que a 3° Edição do Encontro Zen de Canoas vai oferecer....

Greve dos caminhoneiros: confira onde há atos e bloqueios de rodovias no Brasil

Esta segunda-feira (1º), além de véspera de feriado, é o dia para o qual foi marcada mais uma greve dos caminhoneiros no Brasil, e...