Falso delegado é preso em Nova Iguaçu

Flávio Yanoff Tsitsa, que se apresentava como o delegado titular da 58ª DP (Posse), Roberto Cardoso, acabou preso e autuado pelo crime de falsidade ideológica, na delegacia da Posse, pelo verdadeiro delegado. Flávio freqüentava estabelecimentos comerciais, e depois de comer e beber, anunciava que não pagaria a despesa, pois era o delegado Roberto Cardoso, e que tinha o poder de fechar ” aquela espelunca”‘, saindo do local.

Um comerciante que fora visitado duas vezes por Flávio, comunicou o fato à delegacia, que localizou o falso delegado num Citroen. Flávio foi reconhecido pelo comerciante. De acordo com o delegado Roberto Cardoso, Flávio disse na delegacia que era um empresário bem sucedido e dono de seis padarias, mas não soube informar o endereço dos estabelecimentos. Ainda, querendo impressionar os agentes, Flávio alegou ser jornalista e amigo de coronéis.

 

Avatar

Últimas

Influencer reveals extent of online trolling

His wherein male land form. Own whose they're gathered is let male kind from. A you'll life waters evening fly female won't...

Justiça suspende obras da Engie no Paraná

O Sistema de Transmissão Gralha Azul aguarda intimação sobre a decisão liminar Segundo o resultado do leilão da...

Dívida pública bate novo recorde e chega a 90,6% do PIB em setembro

A dívida pública alcançou 90,6% do Produto Interno Bruto (PIB) em setembro, aumento de 1,8 ponto percentual em comparação ao mês anterior, segundo dados...

Governo anuncia simplificações do eSocial e modernização de normas trabalhistas

O ministério da Economia trabalha com cenário de pós-pandemia no mercado de negócios. Por conta disso, o governo anunciou programa de eliminação da burocracia...

Mais de 25 milhões de clientes já cadastraram chaves no PIX, diz BC

Mais de 25 milhões de pessoas já se cadastraram no Pix, o novo sistema de pagamentos eletrônicos criado pelo Banco Central (BC). Os testes...