Entregador diz estar abalado com ameaça de delegada durante entrega: ‘Chorei muito’

Um entregador de aplicativo relatou que foi ameaçado por um delegada enquanto entregava um pedido em Goiânia, na última sexta-feira (8). O homem, de 41 anos, afirma que a policial tinha o nome parecido com a dona do pedido e ficou irritada ao ser chamada. Por isso, o profissional alega que a mulher sacou a arma e o ameaçou. As informações são do G1.

“Eu não aguentei, eu chorei muito, estou nervoso até agora, não consegui dormir”, disse o homem, que não quer se identificar.

O pedido em questão tinha como destino a servidora pública Gabrielle Perdigão. Ao chegar no edifício, o entregador disse que a mulher que se apresentou para retirar a encomenda foi a moradora Gabriela Adas.

“Eu perguntei pelo código de verificação e eu vi que era diferente. Tentei explicar, mas ela colocou o celular na minha cara falando que era para ela. Eu levantei os braços reclamando e ela sacou a arma, disse que era polícia e podia me prender. Nessa hora eu virei de costas”, contou.

Últimas

A Fazenda 12: Victória é eliminada com 19% dos votos

A Fazenda 12 está cheia de emoção e o programa desta quinta-feira, 29, foi tumultuado. Depois de erros na contagem de pontos da prova...

BBB22: Brunna, Gustavo e Paulo André formam o paredão da semana

Chega o domingo e, com ele, o temido paredão do Big Brother Brasil. A berlinda da semana já está formada e os telespectadores terão...

STF decide que Estados não podem impedir municípios de privatizarem saneamento

Corte julgou caso envolvendo o Paraná Para a ministra Cármen Lúcia, a fixação das regras gerais de...

Lula defende piadas de nordestinos e critica o politicamente correto

Ao defender a pluralidade de vozes, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou, nesta terça-feira (26/4), o chamado “politicamente correto”. O termo...

Em duas semanas, governo colheu resultados amargos na economia

Pior arrecadação federal em 10 anos, rombo recorde das contas públicas e sétimo ano seguido do país no vermelho. As duas últimas semanas foram...