As absurdas saidinhas dos presídios

Noticia

A reiteração do deboche das “saidinhas” ou “saidões” em datas como Dia dos Pais ou Dia das Crianças que beneficiam matadores dos próprios pais e de crianças, lembra os 42 projetos que continuam mofando na Câmara e no Senado.

Os projetos propõem a extinção ou dificultam o acesso ao benefício, a fim de evitar crimes como os verificados em São Paulo e a fuga outra vez de quase 1.500 presidiários condenados por estupro, tráfico e assassinato.

Últimas

Campanha alerta para risco de cirurgias plásticas com profissionais despreparados

O sonho da Rafaela Cavalcanti de fazer uma cirurgia plástica acabou se transformando em pesadelo. O procedimento feito por um profissional que não é...

Anderson Silva adere ao boxe

Anderson Silva, que aderiu ao boxe, depois de brilhar no UFV, lutará contra Jake Paulo, dia 29 de outubro, em Phoenix, nos Estados Unidos.

Os vencedores do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2022

MELHOR LONGA-METRAGEM FICÇÃO MARIGHELLA, de Wagner Moura. Produção: Bel Berlinck, Andrea Barata Ribeiro, Fernando Meirelles por O2 Filmes e Wagner Moura por Maria da Fé. MELHOR...

Senado aprova MP que desestatiza Eletrobras; texto volta para Câmara

O relator da medida provisória, Marcos Rogério (na tela), durante a sessão remota desta quinta-feira O Plenário do Senado aprovou nesta quinta-feira (17) a medida...

Congresso cogita até dobrar taxa sobre rendimento líquido da Petrobras

Mal havia concluído a votação de mais uma medida para conter a alta dos combustíveis – o teto das alíquotas de ICMS, um...