Kim Kardashian nega ter devolvido vestido de Marilyn Monroe danificado após o Met Gala

Kim Kardashian negou que tenha devolvido danificado o vestido que foi de Marilyn Monroe que ela usou no MET Gala no último mês. A empresária ficou sob os holofotes na última segunda-feira (13) após internautas discutirem o estado em que a peça rara, avaliada em aproximadamente US$ 5 milhões (R$ 25,5 milhões segundo cotação atual), teria supostamente sido devolvida após o evento.

De acordo com o Daily Mail, uma fonte próxima a Kim negou as informações, afirmando que as imagens expostas na internet “não são precisas” e que as acusações de que ela teria danificado a peça são falsas.

A fonte ainda disse que o famoso vestido já tinha sinais de desgaste antes da Ripley’s comprá-lo, pois Kim só usou o vestido por menos de 15 minutos enquanto caminhava pelo tapete vermelho.

Na época do MET Gala, o Ripley’s Believe It or Not afirmou que todos os cuidados para preservar a peça rara foram tomados no empréstimo para a empresária.

Últimas

Confira 6 atitudes que vão ajudá-lo a gastar menos na farmácia

De um ano para cá, o custo de vida no Brasil aumentou cerca de 10%. Com o orçamento mais apertado, as pessoas...

Personal espanca morador de rua após flagrar traição de mulher

O personal trainer Eduardo Alves foi acusado de agredir um morador em situação de rua no Jardim Roriz, em Planaltina, no Distrito Federal....

Condições meteorológicas e atitudes do piloto levaram à morte de Gabriel Diniz

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Força Aérea Brasileira (FAB), divulgou na quinta-feira, 29, o relatório final sobre o...

Instagram women dramatically out-earn men

His wherein male land form. Own whose they're gathered is let male kind from. A you'll life waters evening fly female won't...

Pesquisa comprova efetividade de 99,9% da vacina Coronavac para casos graves de Covid-19

Em uma pesquisa feita com povos amazônicos da Colômbia foi comprovada a efetividade da Coronavac em 99,9% dos casos graves de covid-19. A pesquisa...