Guedes diz que o pior da crise já passou e que o Brasil voltará a gerar empregos

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a comemorar o que ele chama de recuperação da economia brasileira. Segundo ele, em um momento em que a pandemia do coronavírus está cedendo, as atividades econômicas estão voltando e, com isso, o ministro acredita que a geração de empregos também vai aumentar. Nesta quarta-feira, 04, o presidente da República, Jair Bolsonaro, reclamou que tem sido responsabilizado pela desemprego durante a pandemia, apesar de ter alertado sobre esse risco. O ministro da Economia, no entanto, garantiu que Brasil perdeu menos empregos em 2020 do que em 2015 e 2016 quando não havia a doença.

Paulo Guedes ainda aproveitou para agradecer ao Congresso Nacional pelo apoio à proposta de autonomia do Banco Central. E afirmou que o Brasil avança e terá, em breve, uma moeda digital. Segundo ele, enquanto falam mal do país, o Brasil dá uma resposta eficiente e avança na modernização.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin

Últimas

MC Brinquedo preocupa fãs ao publicar foto com referência à suicídio: ‘Aprecie a vida’

O funkeiro MC Brinquedo, de 19 anos, assustou os fãs na noite desta quarta-feira, 28. Por volta das 19h, ele publicou um stories em...

Prefeito de Palmares (PE) é alvo de Operação da Polícia Civil

O prefeito de Palmares, Altair Júnior (MDB), também foi um dos alvos, na manhã desta quinta-feira (17), da Operação Fim de Jogo, deflagrada pela...

Com a pandemia, 55% dos homens acima de 40 anos deixaram de ir ao médico

Um novo estudo indica que homens acima de 40 anos deixaram de ir ao médico durante a pandemia. A pesquisa da Sociedade Brasileira de...

Banco Central congela Selic a 2% em meio à escalada da inflação

O Comitê de Política Monetária do Banco Central, o Copom, manteve, nesta quarta-feira, 28, a taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic, em 2%...

Mercado reduz projeção de queda do PIB para 5% e eleva estimativa para inflação em 2020

Retomando as avaliações positivas para a economia brasileira, o mercado financeiro reduziu mais uma vez a previsão de queda para o Produto Interno Bruto...