Governo anuncia simplificações do eSocial e modernização de normas trabalhistas

O ministério da Economia trabalha com cenário de pós-pandemia no mercado de negócios. Por conta disso, o governo anunciou programa de eliminação da burocracia para facilitar a vida dos empreendedores. Para isso, foram eliminadas 48 normas consideradas inúteis pelo secretário Especial de Previdência, Bruno Bianco. Ele explicou que o governo trabalha para acabar também com quase duas mil regras do antigo ministério do trabalho que só dificultam o ambiente dos negócios no país. ” O Brasil precisa gerar oportunidades, precisa gerar emprego, precisa gerar trabalho. Inauguramos um novo conceito, presidente [Jair Bolsonaro], na área de regulamentação, uma verdadeira mudança de cultura para o constante combate à burocracia.”

Paulo Guedes, ministro da Economia, defendeu a desburocratização como forma de garantir a geração de empregos. De acordo com ele, o pais está voltando para a agenda das reformas estruturais. “Temos que ajudar a produção, temos que transformar a economia. Queremos uma base forte, o senhor [Jair Bolsonaro] sempre disse isso, passou esse espirito, tocou fogo na equipe e a equipe toda persegue a simplificação dos processos produtivos brasileiros”, afirmou. Foram anunciadas mudanças no eSocial simplificando e agilizando o preenchimento dos formulários sem comprometer a devida prestação e segurança do trabalhador. A secretaria da Previdência explicou também que o CPF passará ser o único de identificação do trabalhador, dispensando outros cadastros como o PIS/PASEP. Para o agronegócio também houve novidade como forma de evitar investimentos desnecessários que eram cobrados pela antiga legislação.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin

Últimas

Whindersson Nunes presta agradecimentos à Anitta por ajuda em tragédia no sul da Bahia

Nos últimos dias, o humorista Whindersson Nunes vem juntando recursos para ajudar famílias prejudicadas pelas fortes chuvas que atingiram cidades no sul da Bahia....

Itaú anuncia Milton Maluhy Filho como novo CEO no lugar de Candido Bracher

O Conselho de Administração do Itaú anunciou nesta quinta-feira, 29, Milton Maluhy Filho como o novo presidente do banco, substituindo o atual CEO, Candido...

Dólar mantém queda e chega a R$ 5,54 com acirramento da disputa nos EUA

O dólar mantém viés de queda nesta quinta-feira, 5, com a perspectiva de vitória apertada de Joe Biden na corrida pela Presidência dos Estados...

Beni Borja, primeiro baterista do Kid Abelha, morre aos 60 anos

Beni Borja, o primeiro baterista da banda Kid Abelha, morreu aos 60 anos na noite desta quinta-feira, 23, vítima de um provável infarto. Apesar de...

Falso delegado é preso em Nova Iguaçu

Flávio Yanoff Tsitsa, que se apresentava como o delegado titular da 58ª DP (Posse), Roberto Cardoso, acabou preso e autuado pelo crime de falsidade...