STF mantém contribuição sobre a folha de pagamentos para o Sebrae

Decisão deve destravar julgamentos em tribunais de todo o país

Por 6 votos a 4, os ministros do STF decidiram a favor da validade da contribuição

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (23) manter a cobrança de contribuições sobre a folha de salários para manutenção do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). Com a decisão, 1.210 processos semelhantes que estavam aguardando decisão definitiva da Corte sobre a questão devem ser destravados nos tribunais de todo o país.

A questão foi decidida a partir do recurso protocolado por uma empresa que questionou a constitucionalidade do pagamento da contribuição sobre a folha de pagamento que mantém o Sebrae, a Apex-Brasil e ABDI. Ao contestar a cobrança, a companhia argumentou que a Emenda Constitucional (EC) 33/01 define que as contribuições sociais e de intervenção no domínio econômico poderão ter alíquotas com base no faturamento, na receita bruta ou sobre o valor da operação. Dessa forma, foi gerada uma dúvida sobre a obrigatoriedade do pagamento.

O julgamento teve início na semana passada e foi suspenso após o voto da relatora, ministra Rosa Weber, que votou pelo provimento do recurso para afastar a exigência da contribuição social sobre a folha de salários dessas instituições, incidente após a promulgação da EC 33/2001. Por 6 votos a 4, os ministros do STF decidiram a favor da validade da contribuição.

Com Agência Brasil

Últimas

Motorista flagrado dirigindo bêbado em viaduto de Canoas já pagou fiança e foi liberado

Um homem foi flagrado perdendo o controle do veículo no antigo viaduto da Metrovél, em Canoas, nesta sexta-feira (22). Conforme a Brigada...

Estado grave: aluna é internada em UTI após bater cabeça durante aula

Uma estudante de 16 anos foi internada em estado grave após sofrer queda enquanto tentava fazer acrobacias na quadra poliesportiva de uma escola em Aparecida de...

Menina de 11 anos grávida após ser estuprada consegue fazer aborto legal

A menina de 11 anos, que teve o direito ao aborto legal negado em Santa Catarina, conseguiu realizar o procedimento nesta quarta-feira...

Justiça bloqueia bens de ex-prefeito de Juazeiro do Norte e secretário após ação do MPCE

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) – através da 7ª Promotoria de Justiça de Juazeiro do Norte – conseguiu uma decisão interlocutória...

Ex-BBB Gizelly Bicalho faz sua estreia como apresentadora

A ex-participante do Big Brother Brasil Gizelly Bicalho vai estrear, nesta-quinta-feira (27), como apresentadora no comando de seu próprio reality, “Casa de Verão Gizelly...