Pastor explica que defender a família politicamente

O pastor Alexandre Gonçalves é líder da Igreja de Deus em Santa Catarina.

O pastor Alexandre Gonçalves, da Igreja de Deus, em Santa Catarina, fez algumas declarações nas redes sociais, que acabaram viralizando e sendo mal interpretadas.

O líder religioso publicou uma série de tweets onde explicou que defender a família é “não trair a esposa e cuidar bem dos filhos sendo mais amoroso e mais atencioso”.

Para Gonçalves, seguindo esses princípios, nada ao seu redor vai lhe prejudicar nesse objetivo. Em seguida, ele comentou sobre as pessoas que querem defender a família politicamente, deixando claro que essa maneira não é um mandamento bíblico.

“Quer “defender a família” politicamente? Defenda. Mas faça 2 coisas: 1° não diga que isso é obrigação bíblica; 2° não defenda a precarização do trabalho, aumento de jornada, e redução de salário pois estas são causas fundamentais de destruição de famílias. Amém?”, escreveu.

Últimas

Dra Laila Elaine divulga inauguração da sua clínica odontológica

O espaço pretende cuidar da autoestima, através da potencialização dos sorrisos A dentista Laila Elaine Barros, lança uma nova proposta de cuidados com os dentes...

STJ sofre ataque hacker e sessões virtuais são suspensas por tempo indeterminado

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) sofreu um ataque hacker nesta terça-feira, 3, durante o período da tarde, enquanto aconteciam as sessões de julgamento dos...

Saúde negocia compra de vacinas da varíola dos macacos, diz secretário

Em entrevista ao Metrópoles, o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros, afirmou que o governo está em tratativas...

Gusttavo Lima se pronuncia sobre suposta filha adolescente

No último fim de semana, o nome do cantor Gusttavo Lima foi parar entre os assuntos mais comentados do Twitter, após uma alegação de...

Número de mortos em explosão em hotel de Cuba sobe para 25

A forte explosão que destruiu parcialmente o hotel Saratoga no centro de Havana na sexta-feira (6) deixou pelo menos 25 mortos, incluindo...