Cliente mata Travesti cearense em São Paulo por não querer pagar

O homicídio de Karen Cristina, a travesti cearense morta em São Paulo, foi motivado por uma divergência na cobrança do valor do programa ao suposto cliente, apontado como o principal responsável pelo óbito. A discussão, que vitimou a cearense, começou depois que o homem, que tem 27 anos, se recusou a pagar a mais por um programa, conforme o boltim de ocorrência registrado na Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP).

O caso aconteceu na manhã da última quarta-feira (9), no bairro Vila Nova Cachoeirinha, localizado na zona norte da capital paulista. De acordo com a SSP, a Polícia Militar foi acionada, por volta de 12h40, para atender à uma ocorrência de desentendimento envolvendo três pessoas (Karen, a amiga dela e o gressor), em um hotel na Avenida Parada Pinto. 

Ao chegar no endereço, os policiais já encontraram a vítima caída no chão desacordada, além da amiga de Karen e o homem com escoriações pelo corpo. A Secretaria informou que as agressões físicas começaram após o o homem de 27 anos se recusar a pagar por um valor diferente ao que tinha sido previamente combinado.

A SSP explicou ainda que uma funcionária do hotel disse à PM que as mulheres realizavam o checkout na recepção, no momento em que o indiciado chegou e as acusou de terem furtado o aparelho celular dele. A cearense e a amiga negaram a acusação, e exigiram que o suposto cliente pagasse pelo serviço contratado. 

Instantes depois, os três envolvidos começaram a se agredir. Karen foi empurrada e, de acordo com os outros envolvidos, bateu a cabeça na parede e caiu desmaiada. Segundo a secretaria, outro funcionário do hotel foi chamado para tentar controlar a briga.

A polícia encontrou o celular do agressor em uma das bolsas que as mulheres carregavam. O Samu se dirigiu ao local do crime, e constatou o óbito da cearense.

A amiga de Karen e o homem de 27 anos foram presos em flagrante e levados até a delegacia distrital. A SSP garantiu que exames periciais foram solicitados. No boletim de ocorrência, registrado no 38º DP (no bairro Vila Amalia), consta os crimes de homicídiofurto lesão corporal.

Últimas

A Fazenda 12: Victória é eliminada com 19% dos votos

A Fazenda 12 está cheia de emoção e o programa desta quinta-feira, 29, foi tumultuado. Depois de erros na contagem de pontos da prova...

Morre o sambista Monarco, aos 88 anos

Neste sábado (11), faleceu o sambista e compositor Monarco, aos 88 anos. O artista estava internado desde novembro no Hospital Cardoso Fontes, em Jacarepaguá,...

Infuencer conta que recebeu ameaça de morte após acusar marido de violência doméstica

Sayma Alex acusa empresário Fernando Antonio Alex de tê-la expulsado do apartamento em que vivia com ele após a denúncia Sayma Alex, que usou o seu...

Hiperleds: a maior fábrica de luminárias da América Latina

A Hiperleds é uma empresa que já está há dez anos no mercado com mais de oitocentos itens no catálogo. O atendimento está presente...

Céline Dion “não consegue mais sair da cama”, diz familiar

Após ter seus shows adiados em Las Vegas por questão de saúde, um familiar resolveu falar sobre o estado de saúde da cantora Celine...