Tribunal de Justiça de SC suspende processo de impeachment de Moisés

Desembargador entendeu que Mesa Diretora da Alesc deixou de prever a possibilidade de defesa

O motivo para o impedimento é a concessão de aumento salarial por ato administrativo, em 2019, aos procuradores

O desembargador Luiz César Medeiros, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, concedeu decisão liminar que suspende a tramitação do processo de impeachment contra o governador Carlos Moisés (PSL). O pedido de mandado de segurança alegava que o Ato da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa (Alesc) deixou de prever a possibilidade de defesa e produção de provas na fase de admissão da denúncia apresentada.

O pedido de impeachment do governador, da vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido) e do secretário de Estado da Administração, Jorge Tasca, teve seus trâmites legais iniciados na quinta-feira (30) na Alesc. O motivo é a concessão de aumento salarial por ato administrativo, no ano passado, aos procuradores, visando à isonomia salarial com os procuradores jurídicos da Alesc. Os deputados decidiram estender a responsabilização a Daniela sob a alegação de que ela teria tomado conhecimento da equiparação salarial dos procuradores do Estado quando estava no comando de Santa Catarina, em janeiro.

Últimas

Samara Felippo relembra tempos de TV Globo: “Eu não parava de trabalhar”

Samara Felippo foi a convidada do Podcast Mais que 8 Minutos, de Rafinha Bastos, da última quinta-feira (2). A atriz, que coleciona diversas participações em novelas e...

Guedes diz que o pior da crise já passou e que o Brasil voltará a gerar empregos

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a comemorar o que ele chama de recuperação da economia brasileira. Segundo ele, em um momento em...

Casal é flagrado fazendo sexo dentro de parque

Circula pelas redes sociais o vídeo que mostra um casal sendo flagrado fazendo sexo em uma área de convivência, com mesas e...

Filha de 14 anos manda mensagem para pai acusado de estupro: “Nojento”

Um homem é procurado por estuprar diversas vezes a filha, de 14 anos, ao longo de pelo menos três anos. Os abusos...

Maisa Silva deve apresentar programa da Globo em 2023

Maisa Silva deve seguir para um novo projeto na televisão. De acordo com o site Observatório da TV, a ex-SBT deve ser a nova titular do...