Sérgio Hondjakoff abre o jogo sobre reabilitação: ‘fiquei envergonhado’

O ator Sérgio Hondjakoff, de 37 anos, que ficou conhecido com o personagem de Cabeção, em “Malhação” (TV Globo), abriu o jogo sobre o tratamento contra o vício em álcool. Oito meses depois de ter negado a internação em uma clínica de reabilitação, em entrevista ao programa Domingo Espetacular (Record), ele explicou o motivo da negação.

“Buscava um momento de paz comigo mesmo. Se eu ficasse na casa do meu pai, teria vontade de beber de novo… Neguei que estava internado porque fiquei envergonhado com a exposição toda, não soube o que fazer, pensei: ‘Vou negar e ver o que acontece’. Queria preservar o meu filho. Só minha mãe, meu pai e a mãe do meu filho sabiam”, contou ele.

O ator ficou internado em uma clínica de reabilitação que foi fechada pelo Ministério Público após denúncias de maus-tratos. Ele detalhou o que observou lá dentro: “Faltavam terapeutas, não tinha funcionários de limpeza, eram condições meio insalubres. Fica uma coisa não tão bacana. Quando acabam as dinâmicas do dia e o cronograma se encerra, é de praxe todo mundo ir pro quarto e ser trancado”. relembrou

“Não vi nenhuma maldade ou irregularidade, o que pude observar são as condições. Não tem como oferecer uma estrutura mais adequada, mais benéfica”, finalizou.

Últimas

Cirurgião Marcelo Heidrich fala sobre tratamento da apendicite

Considerada uma doença comum, a apendicite é bastante frequente em crianças e adolescentes. Trata-se de uma inflamação do apêndice, que é um pequeno órgão...

Vencedor de A Fazenda, Rico Melquiades, surpreende ao mostrar sua mala

O ganhador da 13ª edição do reality está compartilhando todos os detalhes do pós-programa em suas redes sociais. Dessa vez, , Rico Melquiades surpreendeu o...

Mudanças no Whatsapp Web revoltam internautas: “Cabe medida judicial?”

O WhatsApp Web foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter na manhã nesta segunda-feira (4/4) após passar por atualizações. Usuários apontam demora para...

Governo anuncia no salário mínimo de R$ 1.088 em 2021

O Ministério da Economia revisou de R$ 1.067 para R$ 1.088 a sua previsão oficial para o salário mínimo a partir de janeiro de...

Petrobras nomeia Fernando Borges como presidente interino

Após o pedido de demissão de José Mauro Coelho, a Petrobras indicou Fernando Borges como presidente interino da estatal.