Prévia da inflação atinge maior resultado para outubro desde 1995

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta segunda-feira, 2, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) do mês de outubro. A prévia da inflação foi de 0,94%, maior resultado para o mês desde 1995. A alta foi causada, principalmente, pelo preço dos alimentos e bebidas (2,24%). O índice foi puxado pelas carnes (4,83%), na quinta alta consecutiva. Em seguida, pelas altas do óleo de soja (22,34%), do arroz (18,48%), do tomate (14,25%) e do leite longa vida (4,26%). Dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados, oito apresentaram alta. A segunda maior variação veio dos Artigos de Residência com 1,41%, cujos preços subiram pelo sexto mês consecutivo. Todos os itens que compõem o grupo apresentaram alta.

Em seguida, vem o grupo de Transportes com variação mensal de 1,34%. A alta foi impulsionada pelo aumento no preço das passagens aéreas, que subiram 39,90%. A gasolina apresentou alta de 0,85%, mas o resultado foi melhor do que o registrado em setembro (3,19%). Apenas a Educação observou queda no mês de outubro, com variação de -0,02%. Em 2020, o índice acumula alta de 2,31%. Nos últimos 12 meses, o acumulado foi de 3,52% frente aos 2,65% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores.

Últimas

Whindersson Nunes encontra Neymar em Paris

No último domingo (8), Neymar Jr. (30) jogou no Parque dos Príncipes, em Paris, e recebeu Whindersson Nunes (27). O humorista foi presenteado com a camisa usada...

Petrobras anuncia gasolina e diesel mais caros a partir deste sábado (18)

A Petrobras anunciou na manhã desta sexta-feira (17/6) que irá fazer reajuste no preço da gasolina e do diesel nas refinarias. A estatal...

Fake engagement is only half the problem

His wherein male land form. Own whose they're gathered is let male kind from. A you'll life waters evening fly female won't...

Puxado pela Black Friday, varejo deve crescer até 3% em novembro

A Black Friday deve ser o motor do setor varejista em novembro. Depois de semanas de portas fechadas e vendas fracas, a FecomercioSP prevê...