Pai e filho são presos por aplicar golpes em Grande Vitória

Dupla “comercializou” 150 lotes com uso de procurações falsas. Treze vítimas denunciaram

Segundo a delegada Rhaiana Bremenkamp, da Delegacia de Defraudações e Falsificações (Defa), a dupla é acusada pela venda de cerca de 150 lotes, em especial no município da Serra, com uso de procurações falsas. Em depoimento à Polícia Civil, Paulo Fernando Giuberti Marques alegou não conhecer nenhuma das pessoas que realizaram as denúncias. O filho, por sua vez, destacou que enquanto investidor financeiro criou muitas “inimizades” e, por isso, as denúncias surgiram como “vingança”.

Neste esquema, pai e filho se passariam por empresários e negociavam, junto às vítimas, a venda dos terrenos. Os lotes – que não seriam da dupla – eram anunciados em sites de compras e alguns interessados chegaram a trocar os seus carros pela posse dos terrenos.

“As vítimas negociavam junto aos dois, faziam o pagamento antecipado – ou a troca pelos veículos – e depois eles simplesmente ‘desapareciam’: não atendiam mais às ligações dos interessados e, só depois, verificavam que as escrituras referentes aos lotes eram falsas”, explicou a delegada.

Até o final da tarde de ontem, cerca de 13 vítimas já tinham ido à delegacia denunciar as práticas da dupla. Segundo a delegada, em meio a esses depoimentos, uma das vítimas chegou a identificar Marques como “xerifão de Belverde”, porque ele negociava terrenos no bairro de Belvedere, região da Serra-sede. “Temos o relato de vítimas que eles expulsavam famílias destes terrenos com o auxílio de capangas”, destacou.

Redes sociais

Investigada desde 2014, a Polícia Civil conseguiu chegar até à dupla através dos seus perfis em redes sociais. Em um aplicativo de fotografias, por exemplo, Luam Fernando Giuberti Marques realizou várias postagens nas quais ostentava a sua presença em festas e exibindo carros de luxo variados, ao lado do pai. Na manhã de ontem, eles foram detidos em um apartamento em Jardim Camburi. A dupla está sob prisão preventiva, e foi autuada por estelionato e falsificação de documentos. Eles foram encaminhados para o presídio, em Viana.

Últimas

Empresa de Eventos WE DO de Aníbal Pinheiro e DJ Jopin movimentou quase 1 milhão de reais sem notas fiscais

Trecho da decisão da Juíza Ana Cristina Mota, da Vara dos Crimes contra a Administração Pública e a Ordem Tributária, que determinou a prisão...

Netflix anuncia Noah Centineo, Pabllo Vittar, Madison Reyes e Anitta no Tudum Ao Vivo

A Netflix anunciou nesta manhã de quarta-feira, 28, Noah Centineo, Madison Reyes e Charlie Gillepsie, de Julie and the Phantoms; a cantora Pabllo Vittar, Gloria...

Auxílio Emergencial: Caixa paga nesta sexta-feira R$ 1,4 bilhão para nascidos em abril

A Caixa Econômica Federal paga nesta sexta-feira, 06, R$ 1,4 bilhão em benefícios do auxílio emergencial para 3,4 milhões de brasileiros. Do total, 666,3...

A Fazenda 12: Biel vence a prova do Fazendeiro; Tays, Mateus e Juliano estão na roça

Biel, Mateus Carrieri e Tays Reis participaram da prova do Fazendeiro nesta quarta-feira, 04, para disputar quem poderia se livrar da votação da A...

Fabricante diz não haver evidência de que ivermectina funcione contra Covid-19

A farmacêutica Merck Sharp & Dohme (MSD), responsável pela fabricação da ivermectina, afirmou que não existem evidências sobre a eficácia do medicamento contra a...