Pai e filho são presos por aplicar golpes em Grande Vitória

Dupla “comercializou” 150 lotes com uso de procurações falsas. Treze vítimas denunciaram

Segundo a delegada Rhaiana Bremenkamp, da Delegacia de Defraudações e Falsificações (Defa), a dupla é acusada pela venda de cerca de 150 lotes, em especial no município da Serra, com uso de procurações falsas. Em depoimento à Polícia Civil, Paulo Fernando Giuberti Marques alegou não conhecer nenhuma das pessoas que realizaram as denúncias. O filho, por sua vez, destacou que enquanto investidor financeiro criou muitas “inimizades” e, por isso, as denúncias surgiram como “vingança”.

Neste esquema, pai e filho se passariam por empresários e negociavam, junto às vítimas, a venda dos terrenos. Os lotes – que não seriam da dupla – eram anunciados em sites de compras e alguns interessados chegaram a trocar os seus carros pela posse dos terrenos.

“As vítimas negociavam junto aos dois, faziam o pagamento antecipado – ou a troca pelos veículos – e depois eles simplesmente ‘desapareciam’: não atendiam mais às ligações dos interessados e, só depois, verificavam que as escrituras referentes aos lotes eram falsas”, explicou a delegada.

Até o final da tarde de ontem, cerca de 13 vítimas já tinham ido à delegacia denunciar as práticas da dupla. Segundo a delegada, em meio a esses depoimentos, uma das vítimas chegou a identificar Marques como “xerifão de Belverde”, porque ele negociava terrenos no bairro de Belvedere, região da Serra-sede. “Temos o relato de vítimas que eles expulsavam famílias destes terrenos com o auxílio de capangas”, destacou.

Redes sociais

Investigada desde 2014, a Polícia Civil conseguiu chegar até à dupla através dos seus perfis em redes sociais. Em um aplicativo de fotografias, por exemplo, Luam Fernando Giuberti Marques realizou várias postagens nas quais ostentava a sua presença em festas e exibindo carros de luxo variados, ao lado do pai. Na manhã de ontem, eles foram detidos em um apartamento em Jardim Camburi. A dupla está sob prisão preventiva, e foi autuada por estelionato e falsificação de documentos. Eles foram encaminhados para o presídio, em Viana.

Últimas

O terrível problema carcerário brasileiro

É o Brasil: são 725 mil encarcerados num sistema com menos de 370 mil vagas. 11% foram condenados por assassinato e mais 1/4 e...

Covid-19 pode mudar planos de missão diplomática liderada por Mourão à Amazônia

A Covid-19 pode acabar com os planos do governo de levar embaixadores europeus e sul americanos para visitar a Amazônia nesta semana. A excursão,...

Xuxa revela que cortou relação com algumas paquitas: “Nunca mais”

Durante participação no programa Papagaio falante do YouTube, Xuxa não hesitou em revelar como funciona seu relacionamento com as paquitas, suas assistentes de palco nos anos 80, 90...

Pai e filho responderão por feminicídio e ocultação de cadáver

Em 2 de agosto, os réus Cláudio da Silva Rosa e Wilker da Silva Rosa, pai e filho, serão julgados pelo Tribunal do...

Disney+ divulga preços no Brasil e abre pré-venda de assinatura

O Disney+ chega ao Brasil no próximo dia 17 de novembro e foi anunciado nesta terça-feira, 3, os preços para assinatura e outros detalhes...