OAB repudia tratamento recebido por Mariana Ferrer em audiência: ‘Inadmissível’

A Comissão Nacional da Mulher Advogada da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou nesta quarta-feira, 4, uma nota de repúdio contra o tratamento recebido pela influenciadora Mariana Ferrer em audiência virtual que terminou com a absolvição do empresário André Aranha das acusações de estupro relatadas por ela no ano de 2018. A gravação do julgamento, que mostra o advogado de Aranha, Cláudio Gastão da Rosa Filho, humilhando a vítima e exibindo imagens publicadas por ela nas redes sociais para questionar a acusação de estupro, foram consideradas como “estarrecedoras” pelo órgão.

“É inadmissível o tratamento recebido pela vítima durante a sessão. É indispensável que seja apurada a ação ou omissão de todos os agentes envolvidos, já que as cenas estarrecedoras divulgadas mostram um processo de humilhação e culpabilização da vítima, sem que qualquer medida seja tomada para garantir o direito, a dignidade e o acolhimento que lhe são devidos pela Justiça”, afirmou a nota. Ainda na terça, o Corregedoria Nacional de Justiça abriu processo para apurar conduta do juiz Rudson Marcos, da 3ª Vara Criminal de Florianópolis. “Causa-nos espécie que a humilhação a que a vítima é submetida pelo advogado do réu ocorre sem que o juiz que preside o ato tome qualquer providência para cessar as investidas contra a depoente”, afirmou integrante do Conselho em documento.

Na nota da OAB, a comissão pontuou, ainda, dados de violência contra a mulher no Brasil e pontuou a necessidade da mudança estrutural do sistema de justiça para que mais mulheres denunciem casos de estupro. “A violência de gênero não pode ser usada como estratégia de defesa, o Ministério Público e a Magistratura não podem praticar violência de gênero no curso do processo, nem quedar omissos diante dela”, disse outro trecho do texto, que expressou solidariedade à vítima e disse desejar que providências sejam tomadas em relação ao caso.

Últimas

Joseph Safra, homem mais rico do Brasil, morre em SP aos 82 anos

O banqueiro e dono do Banco Safra, Joseph Safra, morreu nesta quinta-feira (10), em São Paulo, aos 82 anos. Segundo nota divulgada pela assessoria de...

Ex-prefeito de Canoas Jairo Jorge tem recurso sobre contas de 2016 rejeitado no TCE

A recusa de um recurso do ex-prefeito de Canoas Jairo Jorge (PSD) no Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) deixa Jairo Jorge...

Relação com EUA não deve retroceder mesmo com vitória democrata, diz Mourão

Apesar do presidente Jair Bolsonaro ter se mostrado nos últimos dias confiante na reeleição de Donald Trump nos EUA, ressaltando que a vitória do...

Fiocruz prevê liberação gradual de vacina contra Covid e vê Brasil em posição privilegiada

A Fiocruz informou que o Brasil pode ser um dos primeiros países a receber a vacina contra a Covid-19. A instituição, que tem um...

Cadastramento do PIX precisa ter autorização do consumidor, segundo Procon

Instituições financeiras que estiverem fazendo cadastro para a Chave PIX de forma automática poderão ser multadas pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor...