Governo federal terá queda ‘brutal’ de arrecadação em 2020, aponta IFI

Por causa da pandemia da Covid-19, o governo federal terá um “choque brutal” na arrecadação em 2020. Está é a avaliação de relatório da Instituição Fiscal Independente, ligada ao Senado Federal, que foi divulgado nesta segunda-feira, 19. Em relação à previsão inicial, a queda deve ser de 12%, o que corresponde a aproximadamente R$ 198 bilhões. O diretor-executivo da IFI, Felipe Salto, ressalta que o relatório é um alerta. “Neste ano de 2020, o governo ganhou uma espécie de carta branca para poder fazer despesas extras, o que foi correto para combater a crise da Covid-19, uma crise de saúde. Porém, a partir do ano que vem, será preciso mostrar como as contas públicas vão voltar ao rumo da responsabilidade fiscal”, avalia.

O resultado estimado pela IFI pode ser ainda pior, porque o cálculo atual considera que todos os tributos serão pagos ainda em 2020, o que, na prática, não deve ocorrer. Também é possível que a retirada dos estímulos, como o auxílio emergencial, afete a recuperação da economia, o que teria efeitos sobre a arrecadação. A economista Milla Maia destaca que os investidores estão de olho na capacidade do Brasil de pagar a sua dívida. “Aumentando essa nossa dívida pública pode fazer com que a gente caia ainda neste ranking, levando os outros países e os investidores estrangeiros a tirarem o dinheiro do nosso país, aumentando o nosso dólar e afetando toda a credibilidade do país”, pontua. Segundo o relatório, a dívida pública encerrou agosto em 88,8% do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todas as riquezas produzidas no país. Até o fim do ano, o endividamento deverá atingir 96,1% do PIB brasileiro.

*Com informações do repórter Afonso Marangoni

Últimas

STF autoriza venda de refinarias da Petrobras

Iniciativa foi contestada pelo Congresso Entre os ativos que a Petrobras pretende vender no Sul estão a Repar...

Advogado de acusado de estuprar Mariana Ferrer já defendeu Olavo de Carvalho e Sara Winter

O advogado Cláudio Gastão da Rosa Filho, que defende André Aranha, acusado de estuprar a promotora de eventos Mariana Ferrer, já defendeu o filósofo...

Ministro do Meio Ambiente inaugura centro de triagem na Colômbia

Ministro do meio ambiente também autorizou liberação de verba para recuperação de área conhecida como Mirante. Ele também plantou primeira árvore do local O ministro...

Desemprego bate recorde e vai a 14,4% no último trimestre

A taxa de desemprego no Brasil alcançou o patamar recorde de 14,4% no trimestre encerrado em agosto, o maior da série histórica iniciada em...

Ação resgata 39 garimpeiros que viviam em condições análogas à escravidão no Pará

Quase 40 trabalhadores em situação análoga à escravidão foram resgatados no fim de outubro em um garimpo localizado entre as cidades de Itaituba e...