Cientistas criam vacina personalizada para câncer de cabeça e pescoço

Pesquisadores do Clatterbridge Câncer Center, na Inglaterra, conseguiram criar uma vacina personalizada contra câncer de cabeça e pescoço. A fórmula foi criada a partir do DNA de cada paciente, com tecnologia semelhante a dos imunizantes contra a Covid-19.

Segundo os cientistas, os resultados foram “realmente esperançosos”. A vacina foi aplicada como complemento ao tratamento comum para os tumores, que são conhecidos pela alta possibilidade de recidiva.

Nenhum dos oito pacientes que participaram da pesquisa teve câncer novamente, mesmo muitos meses depois de usar a vacina. No grupo de controle, que contava com outros oito voluntários que não tomaram o imunizante, dois pacientes voltaram a ter tumores.

A fórmula usou um pedaço do DNA do tumor de cada paciente e o inseriu em um vírus inofensivo (como acontece com as vacinas comuns). O objetivo era que o sistema imunológico reconhecesse as células cancerígenas ainda no começo, e agisse antes que elas se tornassem um câncer novamente.

Os pesquisadores consideram que o estudo ainda é muito pequeno para ser conclusivo, mas dizem estar “cautelosamente otimistas”.

Últimas

Bolsonaro anuncia redução de impostos sobre videogames

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou nesta segunda-feira, 26, a redução de 10% do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre videogames e acessórios. A...

Brasil possui 726 parques eólicos espalhados em 12 estados que asseguram o abastecimento de energia do País

A previsão é que a eletricidade gerada pela força dos ventos alcance cerca de 20% de abastecimento...

MPF denuncia três pessoas pelo assassinato de Bruno e Dom

De acordo com o MPF, já havia registro de desentendimentos entre Bruno e Amarildo por pesca ilegal em território indígena. O que...

A imprevisibilidade dos impactos da Guerra

As guerras são por natureza imprevisíveis e suas consequências inesperadas. No caso específico da invasão Russa contra a Ucrânia até pouquíssimo tempo atrás diversos...

SP teve desigualdade na fiscalização dos protocolos sanitários contra Covid-19

A comerciante Daiane Kuhl relata que nunca viu ninguém ser multado por não seguir os protocolos sanitários nas ruas do Centro de São Paulo....