Athletico Paranaense tem adversário mais difícil na Libertadores

Assim que surgiu a confirmação dos oito casos de covid no Atheltico Paranaense, uma mensagem chegou de Belo Horizonte, da Cidade do Galo, centro de treinamento do Atlético: “A CBF está errada. Eles jogaram contra o Atlético Mineiro e tiveram o surto cinco dias depois.” A mensagem, cujo autor será preservado, indica que os clubes do Brasileirão não estão seguros com o relatório da comissão médica, segundo o qual o contágio de covid está se dando dentro dos clubes e não entre eles.

No Centro de Treinamento do Caju, em Curitiba, o relato é diferente. Entende-se que o contágio não veio do confronto com o Atlético Mineiro, mas no avião que levou a Belo Horizonte, para o jogo de quarta-feira (18). O meio-campista Fernando Canezin testou negativo um dia antes da viagem e positivo um dia após o jogo. O avião que desceria em Confins precisou dar meia volta em direção ao Rio de Janeiro, por causa da chuva. A delegação do Athletico permaneceu seis horas dentro da aeronave. A suspeita é que o surto tenha se iniciado no avião, a partir de Canezin, suspeito de já estar com o vírus durante a viagem.

De qualquer modo, a certeza de que mesmo com todo o protocolo e todos os procedimentos de segurança, o contágio está havendo. E, pior, pode acontecer dentro de um avião com outros passageiros a bordo.

Hoje, o Athletico Paranaense terá o confronto mais difícil da Libertadores. Veja abaixo quais são os desafios e facilidades dos seis confrontos de times brasileiros nas oitavas-de-final:

ATHLETICO PARANAENSE x RIVER PLATE – 19h15

Dos oito jogadores do Athletico com covid, os dois goleiros, o titular Santos e o reserva Jandrei. Também Nikão, único dos atletas com sintomas do coronavírus. O River Plate teve apenas a sexta campanha da fase de grupos, mas o melhor futebol a olho nu. Joga num 4-3-3, já era favorito e reforça sua chance de vitória em Curitiba pelos desfalques do Athletico.

LDU x SANTOS – 19h15

Cuca segue em recuperação da hepatite que contraiu, em sequência à covid. Mas o Santos volta a ter seus melhores jogadores, com Marinho e Soteldo juntos. Também Lucas Veríssimo na defesa. A LDU vem de empate com o Guayaquil City e derrota para o Emelec. É o vice líder do Campeonato Equatoriano. É favorita para ganhar em Quito.

RACING x FLAMENGO – 21h30

São quatro derrotas seguidas do Racing, mas isto não dá tranquilidade a Rogério Ceni. O que aumenta a paz é o fato de poder jogar com o quarteto mágico pela primeira vez em três meses e depois de 26 partidas (15 vitórias, 5 empates e 6 derrotas).Sebastián Beccacece era o técnico do Defensa y Justicia que eliminou o São Paulo, de Rogério, em 2017. O Flamengo é favorito para a vitória em Avellaneda.

INDEPENDIENTE DEL VALLE x NACIONAL – Quarta-feira, 19h15

Com uma vitória e um empate nos últimos dois compromissos, o Del Valle é apenas o 12o colocado do Campeonato Equatoriano e não possui vantagem por enfrentar o Nacional, já que foi o segundo colocado de sua chave, com o Flamengo, na fase de grupos. O time uruguaio trocou o treinador. Saiu Gustavo Munúa — já tinha saído na última rodada dos grupos — entra Jorge Giordano. O Del Valle é favorito para o primeiro jogo.

DELFÍN x PALMEIRAS – Quarta-feira, 19h15

Miguel Angel Zahzú era o técnico do Delfín nas duas últimas rodadas da fase de grupos, duas vitórias contra Defensa y Justicia e Olimpia, resultados que levaram à classificação. Então, não é o Delfín mais fraco, das quatro primeiras rodadas. Junto a isto, o Palmeiras tem seu surto de covid. A missão palmeirense é alcançar ao menos um empate. Vantagem é jogar em Manta, sem altitude.

INTERNACIONAL x BOCA JUNIORS – Quarta-feira, 21h30

O Internacional tem enormes dificuldades para voltar ao seu nível anterior, com a intensidade de Eduardo Coudet. São cinco rodadas do Brasileiro sem vitórias e um triunfo contra o América que levou à eliminação da Copa do Brasil nos pênaltis. O Boca Juniors se fortaleceu, apesar de duas derrotas nos dois últimos jogos, contra Lanús e Talleres. Deve ter Tévez e Soldano no ataque, Villa, Capaldo, Campuzzano e Cardona no meio-de-campo.

LIBERTAD x WILSTERMANN – Quarta-feira, 21h30

O Libertad fez a pior campanha dos 16 classificados e venceu apenas três de seus últimos dez jogos. O Jorge Wilstermann segue sem calendário nacional e, mesmo assim, foi o líder do grupo do Athletico Paranaense, na fase de grupos. O Libertad é favorito para o primeiro jogo, o Wilstermann para o confronto.

GUARANÍ x GRÊMIO – Quinta-feira, 21h30

O Guaraní perdeu para o 12 de Octubre na última rodada e é o nono colocado do Campeonato Paraguaio. Em teoria, vantagem para o Grêmio, mas o Guaraní teve atuações importantes em jogos grandes e foi semifinalista da Libertadores de 2015. Para os gremistas, lembranças de que Arthur fez seu primeiro jogo como titular em Assunção, contra o Guaraní, na campanha do título de 2017. O Grêmio é favorito para o jogo e para o confronto geral.

Últimas

Príncipe William já testou positivo para Covid-19, diz imprensa britânica

O príncipe William, segundo na linha de sucessão à coroa britânica, foi infectado com Covid-19 no mês de abril, em datas semelhantes ao positivo...

Bolsonaro celebra liberação da pesca da sardinha em Noronha

O presidente Jair Bolsonaro saudou a liberação da pesca de sardinha em Fernando de Noronha. Na sua conta do Twitter, ele deu parabéns o...

Dívida pública bate novo recorde e chega a 90,6% do PIB em setembro

A dívida pública alcançou 90,6% do Produto Interno Bruto (PIB) em setembro, aumento de 1,8 ponto percentual em comparação ao mês anterior, segundo dados...

Ouça a música com “Agora Eu Mudei” de Tami Vitti

Tami Vitti é um talento para se conhecer. E inaugurando seu primeiro single autoral, a artista lança “Agora Eu Mudei”. O single foi produzido...

Emagrecedor sibutramina é vendido em redes sociais

Páginas do Facebook vendem para toda a região, sem qualquer pudor, Sibutramina e Femproporex e Anfepramona “Quer emagrecer de quatro a 13 quilos por mês...