Suspeito de matar jovem na praia do Cassino é preso em Rio Grande


Corpo de Simone Souza Cunha, de 23 anos, foi encontrado nas dunas da praia na segunda-feira (2). Homem de 27 anos foi preso em Rio Grande e confessou o feminicídio, diz polícia. Simone Souza Cunha, de 23 anos, foi encontrada morta na praia do Cassino
Arquivo Pessoal
A Polícia Civil prendeu na tarde desta quarta-feira (4), em Rio Grande, no Sul do estado, um homem de 27 anos suspeito de ter matado Simone Souza Cunha, de 23 anos. O corpo dela foi encontrado nas dunas da praia do Cassino, na segunda-feira (2), com marcas de violência.
Segundo investigações preliminares da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher, Simone conheceu o suspeito na noite de domingo (1º), na avenida Rio Grande, e eles mantiveram um envolvimento.
No dia seguinte, ela foi localizada próxima ao bairro Querência por um casal que passava pela área. De acordo com a polícia, ela estava nua, apenas com uma blusa puxada acima do peito.
A carteira e o celular de Simone foram levados, e ela também tinha marcas de espancamento no rosto.
A Polícia Civil descobriu a autoria e pediu a prisão preventiva do suspeito à Justiça. Ele tem envolvimento com roubos e, conforme a polícia, foi encaminhado à Penitenciária Estadual do Rio Grande.
Simone era estudante e morava com a mãe na praia do Cassino. Ela planejava concluir o curso de Educação para Jovens e Adultos (EJA) e fazer vestibular para gastronomia.
Como o irmão, que mora em Canoas, visitava a família no feriado, ela aproveitou para sair com amigos. O caso segue sendo investigado pela polícia.
Corpo de mulher foi encontrado na praia do Cassino, em Rio Grande
Divulgação / Polícia Civil
Leia a nota oficial da Polícia Civil
Na tarde de 04 de novembro, a Polícia Civil de Rio Grande, por meio da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher realizou a prisão de um homem de 27 anos, suspeito de ter cometido um feminicídio na última segunda-feira ocorrido na praia do Cassino. Desde o momento em que o corpo foi encontrado, a Polícia Civil de Rio Grande montou uma força tarefa com duas Delegadas e sete agentes. Na noite de segunda, a Polícia Civil, após intenso trabalho de inteligência, já havia descoberto a autoria e representado pela prisão preventiva. Segundo investigações preliminares, a vítima conheceu o suspeito na noite de domingo na avenida Rio Grande, tendo os dois mantido um pequeno envolvimento. O preso já possuía envolvimento com crimes de roubos. Após a prisão, foi encaminhado à Penitenciária Estadual do Rio Grande.
Confira os destaques de G1 RS:

Últimas

Hiperleds: a maior fábrica de luminárias da América Latina

A Hiperleds é uma empresa que já está há dez anos no mercado com mais de oitocentos itens no catálogo. O atendimento está presente...

Pantanal bate recorte de queimadas e tem pior outubro da história

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgou no domingo, 2, os dados atualizados sobre o total de focos de fogo ativos no Brasil....

Destaques Empresário Márcio da Granada Eventos se especializa em Gestão Esportiva Internacional

Um dos maiores empresários do mundo esportivo deu mais um importante passo de capacitação para se tornar cada vez mais atualizado dentro do mundo...

Empresários viram réus por fraudes milionárias segundado MPF

Após denúncia do Ministério Público Federal, sete pessoas tornaram-se rés por fraudes contra institutos municipais de previdência entre 2014 e 2018. A 6ª Vara...

Manu Gavassi divulga que é a nova contratada da Netflix em vídeo cheio de ironia

A cantora Manu Gavassi anunciou nesta terça-feira, 3, que é a nova contratada da Netflix. Em um vídeo postado no Instagram, a ex-BBB confirmou a...