Suspeito de matar jovem na praia do Cassino é preso em Rio Grande


Corpo de Simone Souza Cunha, de 23 anos, foi encontrado nas dunas da praia na segunda-feira (2). Homem de 27 anos foi preso em Rio Grande e confessou o feminicídio, diz polícia. Simone Souza Cunha, de 23 anos, foi encontrada morta na praia do Cassino
Arquivo Pessoal
A Polícia Civil prendeu na tarde desta quarta-feira (4), em Rio Grande, no Sul do estado, um homem de 27 anos suspeito de ter matado Simone Souza Cunha, de 23 anos. O corpo dela foi encontrado nas dunas da praia do Cassino, na segunda-feira (2), com marcas de violência.
Segundo investigações preliminares da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher, Simone conheceu o suspeito na noite de domingo (1º), na avenida Rio Grande, e eles mantiveram um envolvimento.
No dia seguinte, ela foi localizada próxima ao bairro Querência por um casal que passava pela área. De acordo com a polícia, ela estava nua, apenas com uma blusa puxada acima do peito.
A carteira e o celular de Simone foram levados, e ela também tinha marcas de espancamento no rosto.
A Polícia Civil descobriu a autoria e pediu a prisão preventiva do suspeito à Justiça. Ele tem envolvimento com roubos e, conforme a polícia, foi encaminhado à Penitenciária Estadual do Rio Grande.
Simone era estudante e morava com a mãe na praia do Cassino. Ela planejava concluir o curso de Educação para Jovens e Adultos (EJA) e fazer vestibular para gastronomia.
Como o irmão, que mora em Canoas, visitava a família no feriado, ela aproveitou para sair com amigos. O caso segue sendo investigado pela polícia.
Corpo de mulher foi encontrado na praia do Cassino, em Rio Grande
Divulgação / Polícia Civil
Leia a nota oficial da Polícia Civil
Na tarde de 04 de novembro, a Polícia Civil de Rio Grande, por meio da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher realizou a prisão de um homem de 27 anos, suspeito de ter cometido um feminicídio na última segunda-feira ocorrido na praia do Cassino. Desde o momento em que o corpo foi encontrado, a Polícia Civil de Rio Grande montou uma força tarefa com duas Delegadas e sete agentes. Na noite de segunda, a Polícia Civil, após intenso trabalho de inteligência, já havia descoberto a autoria e representado pela prisão preventiva. Segundo investigações preliminares, a vítima conheceu o suspeito na noite de domingo na avenida Rio Grande, tendo os dois mantido um pequeno envolvimento. O preso já possuía envolvimento com crimes de roubos. Após a prisão, foi encaminhado à Penitenciária Estadual do Rio Grande.
Confira os destaques de G1 RS:

Últimas

Rio Grande do Sul volta a ter todas as regiões em laranja

Governo aceitou pedido enviado por Santa Rosa que voltou ao nível anterior O Gabinete de Crise deferiu, nesta segunda-feira (2), o pedido de reconsideração enviado...

Ministro do Meio Ambiente inaugura centro de triagem na Colômbia

Ministro do meio ambiente também autorizou liberação de verba para recuperação de área conhecida como Mirante. Ele também plantou primeira árvore do local O ministro...

Brasil cria 314 mil vagas formais em setembro, o melhor resultado para o mês desde 1992

O mercado de trabalho brasileiro registou em setembro o terceiro mês consecutivo de saldo positivo na criação de postos de trabalho formal. No último mês,...

Athletico Paranaense tem adversário mais difícil na Libertadores

Assim que surgiu a confirmação dos oito casos de covid no Atheltico Paranaense, uma mensagem chegou de Belo Horizonte, da Cidade do Galo, centro...

Atividade industrial avança acima da média em setembro e consolida retomada aos índices pré-crise

A indústria brasileira teve recorde na variação de contratações entre agosto e setembro, e pelo quarto mês seguido apresentou alta nos indicadores de produção,...