SP teve desigualdade na fiscalização dos protocolos sanitários contra Covid-19

A comerciante Daiane Kuhl relata que nunca viu ninguém ser multado por não seguir os protocolos sanitários nas ruas do Centro de São Paulo. “Eu estou aqui no Brás toda terça-feira e nunca vi.” Preocupados com relatos como esse, a rede de Pesquisa Solidária, decidiu avaliar as ações de fiscalização da Prefeitura no enfrentamento à pandemia de Covid-19. Os pesquisadores encontraram dificuldades para obter informações sobre as ações dos fiscais. Eles recorreram à Lei de Acesso à Informação para requisitar os dados e só conseguiram um retrato parcial do trabalho realizado pelos agentes.

De acordo com o levantamento, foram 1.135 autos de infração entre o início da pandemia e a primeira semana de setembro — uma média de menos de sete violações por dia. A região da Sé, no Centro, foi responsável por por um quarto das infrações — enquanto os fiscais do Jabaquara não registraram nenhuma violação. De acordo com a pesquisadora Raquel Rachid, esse resultado indica a desigualdade na fiscalização. Para a empresária Albertina da Silva, o poder público falhou. A fiscalização no comércio deve ser feita pela Prefeitura, com apoio da Guarda Civil Metropolitana. Já o cumprimento do uso de máscaras nas ruas é de responsabilidade dos agentes sanitários estaduais e da Polícia Militar.

A Prefeitura de São Paulo esclarece que firmou protocolos para que os setores econômicos também fiquem responsáveis pela fiscalização. Os agentes das Subprefeituras verificam se os estabelecimentos excedem o horário permitido por lei e se estão disponibilizando mesas nas calçadas. Desde o início da quarentena, 1.246 estabelecimentos foram interditados por descumprirem as regras vigentes. O valor da multa é de R$ 9.231,65.

*Com informações da repórter Caterina Achutti 

Últimas

Mourão minimiza ataques ao STF em protestos: “Liberdade de expressão”

O vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos) minimizou, na manhã desta segunda-feira (2/5), os ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) proferidos durante os atos bolsonaristas desse domingo (1º/5),...

Explore novas perspectivas de negócio com a XP Empresas

Se você é um empresário e empreendedor, que quer transformar a sua visão sobre negócios, esse evento é para você. Serão 3 horas de...

Geração renovável suporta a demanda de energia no Brasil

A previsão é que a eletricidade gerada pela força dos ventos alcance cerca de 20% de abastecimento da demanda no segundo semestre...

Girl has an Instagram following of 1.7 Million

His wherein male land form. Own whose they're gathered is let male kind from. A you'll life waters evening fly female won't...

Pastor explica que defender a família politicamente

O pastor Alexandre Gonçalves é líder da Igreja de Deus em Santa Catarina. O pastor Alexandre Gonçalves, da Igreja de Deus, em Santa Catarina, fez...