Senado aprova texto-base da autonomia do Banco Central por 56 votos a 12

O Senado aprovou na noite desta terça-feira, 3, com 56 votos favoráveis e 12 contrários, o texto-base do projeto de autonomia do Banco Central. A medida é defendida por agentes do mercado financeiro e uma das bandeiras da equipe econômica do governo Jair Bolsonaro. Após a votação do texto-base, os senadores vão analisar uma emenda apresentada pelo PT. O partido propõe quarentena de 12 meses para ex-diretores do BC assumirem cargos em instituições financeiras após deixarem o cargo – o texto aprovado prevê um prazo de seis meses.

Além disso, a emenda do PT estabelece uma quarentena “para trás”. Com base nessa regra, um diretor não poderia ser indicado se ocupasse no último ano cargos em empresas submetidas à regulação do Banco Central. A tendência no Senado é rejeitar a emenda e enviar o projeto para a Câmara dos Deputados.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Últimas

Frederico Sanches Resende da GES Logística participa de projeto de abastecimento energético em Rio Verde (GO)

Dados do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) apontam que o fornecimento de energia elétrica é um problema comum em todo o Brasil,...

Celular no trânsito: 675 motoristas são multados por dia

A Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet) divulgou um estudo mostrando que, a cada uma hora, são registradas 28 infrações de...

O corpo é tudo: cuide dele!

Saiba alguns cuidados simples para evitar o envelhecimento precoce da pele Separamos este guia para você cuidar de cada parte do seu corpo da maneira...

Maisa Silva deve apresentar programa da Globo em 2023

Maisa Silva deve seguir para um novo projeto na televisão. De acordo com o site Observatório da TV, a ex-SBT deve ser a nova titular do...

Rio Grande do Sul volta a ter todas as regiões em laranja

Governo aceitou pedido enviado por Santa Rosa que voltou ao nível anterior O Gabinete de Crise deferiu, nesta segunda-feira (2), o pedido de reconsideração enviado...