Empresário Preso Suspeito de Matar Mulher e Falsificar Desaparecimento: Relatos de Violência e Ciúmes

Paulo Antonio Eruelinton Bianchini, suspeito de feminicídio, ocultação de cadáver e fraude processual, foi preso sob a acusação de matar Dayara Talissa Fernandes da Cruz, de 21 anos, e alegar que ela havia desaparecido. Segundo a irmã da vítima, Daniela da Cruz, o homem era ciumento e violento com Dayara. A jovem, natural de Diamantino, Mato Grosso, vivia com o empresário em Orizona, Goiás, há mais de um ano. O corpo de Dayara ainda não foi encontrado.

 O suspeito, de 34 anos, foi preso na segunda-feira (1º) e, após audiência de custódia na quarta-feira (3º), teve sua prisão mantida pela Justiça. O delegado Kennet Carvalho afirmou  que, embora o corpo de Dayara não tenha sido localizado, tudo indica que ela não está viva.

A família de Dayara relatou que ela e Paulo terminaram o relacionamento, mas reataram. Daniela destacou que sua irmã queria muito ser mãe e tinha um coração bondoso. “Ela nunca fez mal a ninguém”, disse Daniela, desabafando sobre a angústia da família e a esperança de que a justiça seja feita.

A Polícia Civil informou que várias diligências foram realizadas para encontrar o corpo da jovem e que as investigações continuam. Daniela mencionou que a última vez que conversou com sua irmã, ela estava lavando roupa. Depois disso, a família não conseguiu mais contato com ela. Inicialmente, Paulo afirmou que deixou Dayara em uma rodoviária, mas depois mudou sua versão, alegando que ela desapareceu de outros lugares.

Desaparecimento e Prisão

Dayara desapareceu em 10 de março deste ano, em Orizona. Paulo registrou seu desaparecimento no dia 25 do mesmo mês. O delegado relatou que contradições nas versões do suspeito levaram a polícia a investigar as possibilidades de feminicídio, ocultação de cadáver e fraude processual. Paulo é suspeito de ter matado a mulher, ocultado o corpo e registrado seu desaparecimento.

Devido às suspeitas, a polícia tentou cumprir mandados de busca, apreensão e prisão do suspeito em quatro cidades do interior de Goiás no dia 24 de junho, sem sucesso. No entanto, no dia 1º de junho, o empresário se entregou.

By King post

A King post é uma empresa especializada em serviços de gerenciamento de conteúdo, publieditorial e marketing digital. Com uma equipe altamente qualificada e experiente, a King post tem se destacado no mercado pela qualidade dos seus serviços e pela satisfação dos seus clientes.

Deixe um comentário

Você pode gostar